Espetáculo “Fim de Partida”

CONFIRA AS INFORMAÇÕES COMPLETAS ABAIXO

Fim de Partida 2024 Deboa Brasília

NÃO PULE!

RECEBA AS PRINCIPAIS
NOVIDADES DE BRASÍLIA
NO SEU EMAIL







Espetáculo “Fim de Partida”

Espetáculo "Fim de Partida", no CCBB Brasília, de 28 de março a 21 de abril, uma comédia irônica baseada em texto de Samuel Beckett. Confira!

A estreia ocorre no Teatro do CCBB Brasília dia 28 de março, onde cumpre temporada até 21 de abril, com sessões de sexta a segunda, sempre às 19h.

Eid Ribeiro, um dos mais relevantes artistas do teatro brasileiro, retorna a um dos mais conhecidos textos de Beckett, já levado aos palcos pelo diretor mineiro nos anos 1980. Ao revisitar “Fim de Partida”, Eid inova tendo, desta vez, dois palhaços da Trupe Garnizé como protagonistas: Francisco Dornellas e seu filho Victor. Completam o elenco, em participações especiais, João Santos e Marina Viana.

“Fim de Partida” busca provocar uma simbiose entre o personagem da ficção beckettiana e a linguagem da palhaçaria, com duas narrativas que percorrerão caminhos paralelos, mas que se identificarão em determinados momentos, praticando um jogo de ironia e escárnio, rindo do trágico destino traçado para a humanidade.

O espetáculo foi escrito por Beckett num contexto pós-catástrofes, após duas guerras mundiais. Sobre os destroços e os entulhos do nazifascismo, Beckett desloca o olhar sobre este plano de destruição e envenenamento social e escreve, entre 1954 e 1956, uma peça sobre as relações tóxicas, servis e parentais. No espaço fechado de um bunker, as duas personagens principais, Hamm e Clov, agem e dialogam num jogo de repetições próprio da comédia burlesca.

A nova montagem de Ribeiro traz um Beckett com tons de comédia, sem deixar de ser profundamente humano. Em cena, Francisco Dornellas (78) vive Hamm e contorna as dificuldades motoras e cognitivas ocasionadas por dois AVCs recentes sofridos pelo ator. Para superar os desafios, Chico conta com recursos tecnológicos e o auxílio do filho, Victor Dhornelas, que divide os palcos com seu pai desde a infância.

“Queremos mostrar que Samuel Beckett é um escritor e poeta visionário. À medida que o tempo passa, sua criação se torna cada vez mais atual diante do mundo em que vivemos. E nada melhor que a sabedoria de um velho palhaço para narrar a sua história. Esperamos, assim, que o nosso Fim de Partida seja uma ode de amor ao teatro, como também demonstrar a possibilidade de enaltecer a vida através da arte”, explica Eid Ribeiro.

O resultado pode ser visto como um espetáculo que navega rumo ao acaso e à improvisação, mas com pontual elaboração em determinados momentos. “Enquanto o mundo caminha para a extinção, no premonitório planeta Beckettiano, onde os seres humanos não conseguem se comunicar apesar de falarem pelos cotovelos, o humor e o riso fazem parte dessa nossa tragédia. E nada melhor que ter ao lado a companhia de dois palhaços. Por que não? A estrada é longa, cheia de curvas e encruzilhadas onde podemos nos perder”, reflete o diretor.

 

Ingressos

  • A partir de R$ 15,00 (meia-entrada)

 

*Meia Entrada: Meia para estudantes, professores, profissionais da saúde, pessoa com deficiência (e acompanhante, quando indispensável para locomoção), adultos maiores de 60 anos e clientes BB)

 

Ponto de Vendas

 

Mais informações

Espetáculo “Fim de Partida”

Data: 26 de Março a 21 de Abril de 2024
Horário: De Sexta-feira a Segunda-feira, sempre às 19h
Local: Teatro do Centro Cultural Banco do Brasil Brasília – St. de Clubes Sul, Trecho 02
Classificação: 16 anos

QUERO MAIS!

PATROCÍNIO
GASTRONOMIA